Cadê a motivação de antes?

sexta-feira, junho 30, 2017

Eu sempre gostei de blogar, de escrever, de pegar papel e caneta e colocar tudo aquilo que estava sentindo ou pensando. Com o Juras Eternas (blog pessoal criado quando eu tinha 12 anos) foi assim, todos os meus momentos, minhas descobertas, minhas alegrias e tristezas estão registrados nele. Mas ai veio o Lucidez Feminina, um projeto idealizado e criado em parceria com as minhas primas, que despertou um outro lado meu, o da moda. E ele me mostrou/apresentou um novo mundo da blogosfera (nem sei se ainda usa essa palavra) e que um blog pode crescer a tal ponto dele se tornar uma empresa, ser uma forma de currículo e de uma única fonte de renda.

Nessas últimas semanas tenho lido alguns textos sobre metas, se encontrar no mundo virtual, resgatar aquela essência pessoal e, principalmente, sobre o ânimo para desenvolver as coisas. Ler esses textos foi como um tapa na cara me dizendo: "Gabriella, acorda! Cade aqueles textos que você escrevia cheios de sentimento, opiniões e dizeres? Cade aquela vontade de contar sobre as coisas que você é apaixonada (livros, viagens, moda)?". E isso vem martelando minha cabeça, vem me forçando a tomar atitudes diferentes, a delimitar o que eu quero agora, o que eu quero para o próximo ano, quem eu quero atingir e qual marca eu quero deixar.

[Foto: Pinteres]
É normal sentir um pouco de desanimo com a vida? Claro que é. Nesse vídeo  eu contei um pouco sobre os momentos (internos) difíceis que passei e nesse texto eu também falei um pouco sobre isso.

Não sei se o fato de morar a tanto tempo em outro estado e com outras pessoas têm contribuído pra essa ansiedade, que às vezes é tanta que chega ao ponto de me paralisar e eu não consigo/não tenho vontade de fazer nada. Sim, é assustador. Mas também é nesses momentos que eu reflito melhor sobre a minha vida, o que eu quero e quais são as áreas que eu preciso me reinventar.


No último feriado prolongado eu me desliguei da tecnologia, do barulho da cidade e da TV a cabo e fui me reconectar com a natura, com o silêncio, com a calmaria. Eu e o Roberto fomos para casa dos pais dele no interior e, especificamente, aonde eles moram não pega sinal de celular e pra você ir pra cidade só se for de carro. Ficar dois dias conversando, jogando baralho e acordar com o som dos pássaros, fez com que eu aproveitasse 100% daquele momento, as pessoas que estavam comigo e que tivesse a certeza que os planos que tracei para o futuro vão dar certo e que é só deixar nas mãos de Deus.

O que eu quero dizer com esse texto de Itu (como diz a blogueira Alê Garattoni), é que quando você se sentir desanimado com as coisas da vida, deixa a rotina e as obrigações de lado e vai fazer algo que lhe dê prazer, que te estimule a pensar em coisas novas, que faça você rir e que faça você sentir prazer.

--
A partir desse texto o blog vai sofrer pequenas mudanças. Vou continuar falando de beleza, moda, viagens e livros, mas também vou trazer mais textos pessoas e carregados de sentimentos.

Beijos, beijos








4 dicas para arrumar a mala de viagem

quarta-feira, junho 28, 2017

Independente do destino, viajar é uma das melhores coisas da vida, especialmente se a viagem for feita com os amigos, com o boy ou, até mesmo, sozinha. Escolher o hotel, fazer busca de passagens, e ver o roteiro é maravilhoso, mas quando chega na hora de arrumar a mala ai a história muda de rumo. Eu tenho que confessar, AMO arrumar mala de viagem. Pra mim é uma diversão e sempre inventos novas formas de não amassar a roupa e de couber tudo.

Como sei que nem todos compactuam com meu prazer (ou será loucura? haha), separei quatro dicas para te auxiliar nas escolhas certas das peças e não esquecer de levar nada.



#1: Por baixo da roupa

Durante a viagem você não vai ter como correr pra gaveta de lingerie e ficar escolhendo aquele sutiã incrível, confortável e que não marca na roupa. Por isso, é muito importante escolher as lingeries de acordo com as peças de roupa que vai levar, indo das básicas para usar no dia a dia até uma ou duas peças mais trabalhadas pra usar a noite ou com os looks que deixam a roupa de baixo a mostra.

Uma detalhe importante: é sempre bom levar uma ou duas calcinhas a mais para evitar qualquer contratempo, principalmente na mala de mão pra viagens de avião.



#2: Look viagem - básico e prático

Na hora de viajar a regra número um é "conforto, conforto, conforto". Seja de carro ou de avão você precisa estar se sentindo bem para passar pelas horas de espera e ansiedade até avistar o seu destino final. Para isso, nada melhor que as leggings, peças curinga no guarda-roupa de toda mulher.  Mas não precisa ser a legging básica preta. Variações com recortes, transparências, estampa e até o maravilhoso lurex são mais que bem-vindas. Além de uma peça para o percurso, as leggings são maravilhosas para explorar a cidade caminhando e, no caso de muito frio, podem ser usadas por baixo de outra calça.



#3: Sempre preparada

Por mais descontraída que seja a viagem, você nunca sabe quando vai surgir um jantar em um restaurante mais chic ou uma festa mais social. Caso isso ocorra, a dica é sempre levar uma peça mais social ou um vestido de festa simples e elegante. Mas o segredo é investir em peças que amasse pouco. Como você vai estar e um hotel, passar roupa pode não ser a coisa mais simples do mundo. Além do vestido, um salto confortável também não pode faltar!


#4: Jeans, Jeans, Jeans

Uma mala de vigem não seria completa sem um par de calças jeans, não é mesmo? Ou melhor, dois pares. A calça jeans é essencial para qualquer tipo de viagem, mesmo que a trabalho. Investir em dois pares com propostas diferentes pode salvar os seus looks. Uma mais estilosa com lavagem diferente, rasgos e até paches e outra de lavagem mais escura e corte reto tradicional, são apostas certeiras! Para montar o look trendy é só combinar com um body e um sapato flat form.



#DICA EXTRA: Nas viagens de avião leve sempre uma troca de roupa e uma necessário com itens básicos (ao meu ver): desodorante roll on (ou em creme), escova de dentes, base, rímel, hidratante labial, creme para as mãos e absorvente. Caso o voo atrase, a mala seja extraviada ou a conexão seja grande, você não fica na mão.

Espero que as dicas tenham ajudado.

Beijos, Beijos

ps. esse post foi sugestão de pauta da loja Amaro, tendo sido adaptado para o blog. 


Testei: Linha Alisena da Muriel

terça-feira, junho 27, 2017

Balões; na recepção uma mesa repleta de produtos; no salão principal mesas espalhadas tendo cada uma oito lugares; e ao redor blogueiras de todos os cantos, cada uma com seu estilo e segmento. Essa é uma pequena descrição de como foi o evento da marca Muriel, realizado no mês de maio. “Mas nossa Gabi, só agora você está falando dele?”. Sim, só agora. Mas foi por um único motivo, testar real oficial a Linha Alisena e trazer uma parecer completo do que achei dessa linha.


Para quem não conhece a Muriel, a marca é brasileira, existe há 80 anos e é muito conhecida pelo creme para manchas e pelo óleo corporal (que é magnífico). Com a constante mudança do setor de beleza e cosméticos o presidente da Muriel, percebeu que hoje em dia as mulheres querem produtos que atendam a todas, desde as cacheadas até as alisadas e que a influência das próprias consumidoras, foram fundamentais para a produção dos novos produtos da marca. 

Durante o evento foi apresentado a cartela de produtos que a Muriel possui, com destaque para o Alisena, produto escolhido para ser apresentado e testado em uma participante durante o encontro. A marca trabalha com as linhas de tratamento (unhas, pés e manchas), linha infantil, corpo e cabelos.

SOBRE O ALISENA

A linha foi inspirada nas receitas caseiras que levam amido de milho. Os produtos são livres de formal e de tioglicolato (substância responsável pelo efeito alisamento, relaxamento e permanente) e contém amido de milho, D-Pantenol e aminoácidos. A linha Alisena promete fios mais lisos e alinhados. 

Ao final do evento cada participante recebeu um kit para testar e falar sobre (olha a jogada de marketing). E sim, eu testei e no vídeo a baixo eu mostro o passo a passo do produto, como que o meu cabelo ficou e o que eu achei. É só apertar o play!


A Mah (que também faz parte do blog e minha prima) tem os cabelos bem lisos e também gostou bastante do produto. De acordo com ela, o seu cabelo ficou mais liso e sem frizz, além do brilho que ele deixou. 

Fora do kit eu também levei pra casa um creme de mão (acabei dando pra minha irmã), o óleo corporal (é o primeiro que eu uso até o fim) e a pomada modeladora (ótima pra quem tem cabelo curto).

Aqui em Mariana (MG) alguns produtos são vendidos nas Drogaria Brasil. 

E ai pessoal, vocês já conheciam a marca? Se sim, o que acham dos produtos?

Beijos, beijos