#Moda: Cropped Top ou Crop Top - Tendência para verão 2013.

terça-feira, dezembro 04, 2012

Lúcidas, vim pra falar de uma tendência que veio(ou seria "voltou") pra ficar no verão 2013 o Cropped Top ou Crop Top, tanto faz! Quem não se lembra de Maddonna no começo da década de 80 (na época ela era chamado de Boustier, lembra?), a pioneira do Crop Top, e em seguida vieram os Filmes Dirty Dancing e Flashdance, onde seus elencos femininos abusavam desse look.








Logo após veio Britney no começo dos anos 90 :



Bom agora Crop Top voltou mais ousado do que nunca, várias marcas colocaram essa tendência em seus desfiles.





Famosas:

Rihanna - a atual musa internacional do Crop Top





















E o queridinho já apareceu até em Red Carperts com: Kristen Stewart, Kate Perry, Gwyneth Paltrow e Selena Gomes.














No Brasil:  Giovanna Ewbank, Thayla Ayala,Sabrina Sato e Claudia Leite (que diversas vezes no programa  The Voice Brasil [no ar] o qual faz parte, já apareceu usando o bandinho)  já provaram que aderiram a essa tendência













Lúcida que é Lúcida sabe como usar:
O Crop Top é um look que favorece muito quem está com o corpo em dia, mas ainda sim é possível de ser usado por quem não está assim... 100% com o corpo.
A regra é mais ou menos essa:  O Crop tem a ver com o tipo de cintura da peça de baixo,  logo se a cintura é alta você usa o Crop mais curto de modo que apareça 3 dedos de pele, e se a cintura for mais baixa você usa um crop mais longo. Sendo que não é tão interessante mostrar o umbigo e nem usá-lo em situações extremamentes formais (tipo uma reunião profissional).
As pessoas não dotadas de um abdomem sarado podem usá-lo por cima de vestidos e blusas mais justas.







E você pode usá-lo com saias e mini-sais, shorts, calças, pantalonas e leggins .




E você Lúcida adotaria essa tendência?
Beijos super Lúcidos.

P.S: Prévia do Próximo Post - Estampa Galaxica ou Galaxy Print

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos conte o que você achou do post, adoramos receber elogios, críticas construtivas e sugestões de temas.