SPFW: Couro, jeans e elementos esportivos são escolhas de algumas marcas

terça-feira, novembro 11, 2014

Olá meninas, o SPFW acabou e quem andou acompanhando o que rolou na semana de moda brasileira viu que foram apresentadas muitas coleções bacanas. O pouco que eu andei acompanhando já me surpreendeu. Semana passada soltei um post falando da influência dos anos 60 e 90 em algumas marcas, e hoje trago pra vocês um pouco mais do que rolou no SPFW.

A marca Lilly Sarti Store também não ficou fora dessa influência. O foco da coleção foi nos anos 60 e 70, com destaque nas formas de Burle Marx (artista plástico brasileiro). As peças apresentaram cores fechadas, shapes soltos e o grafismo.


A estilista da Triton, Karen Fuke, se inspirou no Darth Vader e criou uma coleção inverno/2015 mais esportiva e com elementos futuristas. Suas peças foram criadas com formas arredondadas e estruturadas, porém com referências sci-fi (ficção científica). 


A marca Patricia Viera trouxe uma coleção rica em texturas, inspirada em elementos da arquitetura escandinava e no trabalho de Frank Lloyd Wright. O desfile foi realizado na Faculdade Belas Artes com direito a explicação, da própria estilista, das peças que estavam sendo apresentadas. 



Outra marca que também se inspirou em alguma década, foi a Gloria Coelho que se inspirou nos mods dos anos 60 e nos punks do anos 80. O tecido de base para sua coleção foi o tule. Os destaques ficam por conta dos casacos de linhas mais sessentinha, acima do joelho, combinados a calças super skinny. Um outro tecido muito utilizado foi o couro. 
Comemorando três décadas, a TNG apresentou uma coleção inverno/2015 fazendo uma releitura do tecido que é uma essência da marca, o jeans. A peça aparece sobrepondo safaris jackets de denim, pantalonas decoradas e vestidos longos esvoaçantes - com um toque anos 70 - que vai do azul aos tons terrosos. 
Inspirado na Islândia a Ellus Second Floor apresentou uma malharia tradicional da marca, acompanhada por uma pegada sportswear, especialmente nas peças em neoprene. Cores como azul, vermelho e o branco (bandeira do país) dominam a coleção. Os acessórios fazem referência aos esportes de inverno e que podem ser observados nos acabamento com zíper e mosquetões (tipo de anel metálico).  A Ellus aposta em um inverno/2015 100% esportivo. 


Já a marca Acquastudio passeia entre todas as nuances de dourado em vestidos princesa, que relêem a exuberância das igrejas barrocas. São utilizados tecidos rústicos sobrepostos a rendas e bordados, que flertam com o normcore da estação ao ser combinado a flats. 
 Ufaa, quanta coisa em! Não trouxe todas as marcas, porque se não o post ia ficar muito longo e não acompanhei 100% dos desfiles. 

Fiquem de olho no blog essa semana porque eu vou trazer um pouco das makes que as modelos usaram. Espero que vocês tenham gostado.

Beijos, beijos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos conte o que você achou do post, adoramos receber elogios, críticas construtivas e sugestões de temas.