#diariodeviagem: Comprando as passagens

sábado, janeiro 03, 2015

No segundo post do meu #diariodeviagem vou contar sobre o processo de compra das minhas passagens. Elas são a parte mais cara de toda programação e se você não faz uma boa pesquisa e compra na época errada, acaba gastando muito.

Eu pesquisei no site de diversas companhias, mas acabei optando por comprar pela CI - Central de Intercâmbio. Conheci a CI através da minha universidade e o diferencial, é que eles possuem tarifas para estudante, o VTM (Visa Travel Money - vou falar dele em outro post) e o seguro viagem.

A minha principal preocupação na hora de comprar as passagens, além do preço, é se eu ia conseguir passa-las no meu cartão de crédito. É importante que você tenha um limite considerável, no meu caso o limite do meu cartão aumentou sozinho e foi para o valor que eu estava precisando.


{Imagem meramente ilustrativa}

Afinal, quanto eu gastei?
Então vamos a parte que interessa que é o quanto eu gastei. Como eu já tinha muitas coisas parceladas no cartão e ainda tinha que comprar as passagens de Mariana (MG) para São Paulo, eu não poderia estourar o limite dele e também ainda falta eu comprar o seguro internacional. Estipulei um valor de no máximo R$1.500, e adivinhem? Tudo ficou R$1.683,11, passou R$183 mas a taxa de embarque e a taxa de emissão, que tem que pagar para a CI, eu paguei no dinheiro, ai ficou:

Passagens de ida e volta: R$1.166,89 + R$205,05 (taxa de embarque - paga em dinheiro) + R$311.17 (taxa de emissão - paga em dinheiro). No final eu só precisei dividir no cartão o preço das passagens. 

Super barato neh! A companhia que eu vou é a Avianca, que é a que faz os voos para a Colômbia. O único porém é que a viagem toda vai durar 29h, eu vou fazer uma escala no Peru, depois vou pra Bogotá e de lá pego um avião pra Monteria que é a cidade que eu vou ficar. Vai ser uma viagem cansativa, mas foi a mais em conta que eu achei e também eu já vou entrando no clima (hahaha).


Porque optei pela CI - Central de Intercâmbio?
Escolhi a CI porque eles oferecem tarifa para estudante e também porque me senti mais segura para comprar as minhas passagens. Eu fui na agência, mas como não consegui comprar no dia fiz todo o processo de compra por email com a gerente da unidade de Santana.

Não só ela, mas todos os funcionários foram super atenciosos comigo e eu super recomendo.

É isso pessoal, uma das preocupação já se foi agora só falta o visto, que está em processo, o seguro internacional e o certificado de vacinação. Conforme eu for concluindo uma etapa venho contar pra vocês como que foi.

Qualquer dúvida ou sugestões é só deixar nos comentários.

Beijos, beijos




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos conte o que você achou do post, adoramos receber elogios, críticas construtivas e sugestões de temas.